vem a cavalo

chega como cavalo solto à relva
trota mais forte ainda se faz frio
galopa ao encontro quando o trem encrenca
avança seco se é sol e calor no outro hemisfério

o que mata não é o tédio
temor de que o dia não acabe
ou que tão abruptamente acabe
sem que

no tinder da rua escura, noite calada
nossos corpos divagantes
nunca se contaminam num match