vem vindo uma guerra

Vem vindo uma guerra

Poderão mostrá-la os filmes?

Irão cantá-la os poetas?

Uma guerra vem vindo há muito

– não silenciosamente

Nos 48 estudantes mexicanos

Palestina, Alepo, Ocidente

Encarnada em imigrantes

Negros, índios, refugiados

“Há uma guerra vindo!” nos gritam desesperados

Há uma guerra que vem vindo

E cria cemitérios por toda parte

Corpos tomam as praias, praças

Shopping centers, supermercados

Vem vindo uma guerra

Todos tem anunciado

Uma guerra que em outras partes

Desde sempre tem chegado.

Vem vindo outra guerra, vem vindo outra guerra…